Parede Verde: possue finalidade ou apenas decoração?

Foto de parede verde

Edifícios com parede verde encantam por sua beleza, forma e pela ousadia de verticalizar o que tradicionalmente conhecemos como horizontal ou suspenso em vasos ou floreiras.

 

Mas afinal, as paredes verdes possuem uma finalidade ou são apenas efeitos decorativos?

 

O primeiro exemplo de paredes verdes foram encontradas nos Jardins Suspensos da Babilônia, onde a vegetação que era cultivada nos terraços caiam sobre as paredes, encobrindo boa extensão delas.

   

Mais tarde, utilizaram trepadeiras para cobrir os edifícios, buscando uma integração com o paisagismo, uma suave transição entre a casa e o jardim.

 

Desenho dos Jardins Suspensos da Babilônia, primeiro exemplo de paredes verdes.
Jardins Suspensos da Babilônia: primeiro exemplo de paredes verdes

 

Por volta da década de 30, o uso das trepadeiras declinou devido o surgimento de novas técnicas e com a preocupação da estabilidade nas paredes.

Outras denominações foram incorporadas ao conceito de paredes verdes, como fachadas verdes, paredes vivas e jardins verticais.

Na história e evolução das técnicas para construção de paredes verdes, dois sistemas merecem destaques, o hidropônico e o que utiliza substrato.

Patrick Blanc, um botânico francês, é conhecido por utilizar o sistema hidropônico nas paredes verdes. Neste sistema, as raízes das plantas são fixadas em um feltro preso a uma estrutura de metal. Uma rede de tubos, controlados por válvulas, fornecem uma solução nutritiva que contém os minerais e nutrientes necessários para o crescimento das plantas.

 

Parede verde em Avignon, na França, de autoria de Patrick Blanc.
Parede verde de Avignon (França) – Patrick Blanc.

O sistema para paredes verdes que utiliza substrato foi desenvolvido no Japão, por Kenji Masaki (Masaki Envec Japan), representado no Brasil pela Sky Garden Envec.

Este sistema é formado por uma tela metálica, a prova de corrosão, fixada em toda extensão da parede. Os vasos podem receber qualquer tipo de vegetação e são fixados na tela, formando desenhos orgânicos. A irrigação é feita por gotejamento automático de mangueiras que correm entre as plantas.

 

Foto de parede verde no escritório da Bayer, de autoria de Sky Garden Envec
Parede verde na Bayer CropScience, projeto de Sky Garden Evenc

 

As paredes verdes causam impactos sobre as cidades e nos cidadãos, refletindo na qualidade do ar e no bem-estar nos ambientes construídos. Elas criam a possibilidade do aumento da massa verde, promovem um microclima, o equilíbrio da temperatura no interior da edificação, reduz o efeito “ilha de calor”, evita a criação de poeira urbana e absorve as partículas de metais pesados ​​da atmosfera.

 

Foto da parede verde no Shopping Center em Tokyo, no Japão. Omote Sando Gyre, de Patrick Blanc.
Parede verde no Shopping Center Omote Sando Gyre, em Tokyo (Japão) – projeto de Patrick Blanc

 

A parede verde é uma estratégia bioclimática que permite a Arquitetura Bioclimática várias possibilidades para a eficiência energética da edificação.

 

Foto da Parede verde da Petrobrás, da Sky Gardem Evenc.
Parede verde na sede da Petrobrás – Sky Garden Evenc

 

Gostaria de ter uma parede verde em sua casa?

Acompanhe nos próximos artigos, vamos ensinar passo a passo com fazer uma parede verde.

Foto de parede verde

Imagens rSnapshotPhotos / Shutterstock

Via Landarchs, Sky Garden Envec.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *